Padre Fábio de Melo: sobre a Páscoa

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Ainda hoje somos homens e mulheres de passagens; somos filhos da Páscoa. Os mares existem; os cativeiros também. As ameaças são inúmeras. Mas haverá sempre uma esperança a nos dominar; um sentido oculto que não nos deixa parar; uma terra prometida que nos motiva a dizer: `Eu não vou desistir!´ E assim seguimos. Juntos. Mesmo que não estejamos na mira dos olhos. O importante é […]

Páscoa: história

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Páscoa é palavra hebraica. Quer dizer passagem. É tão antiga quanto o rascunho da Bíblia. Bem antes de Moisés vir ao mundo, os pastores nômades comemoravam a Páscoa. Cantavam e dançavam pela chegada da primavera. Na nova estação, a neve se ia. Os campos de cobriam de pastagens. Os alimentos abundavam. Mais tarde, os judeus começaram a festejar a Páscoa. Lembravam, com sacrifícios, a saída […]

Páscoa: derivados

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O substantivo Páscoa sentiu-se solitário. Para formar família, recorreu ao sufixo –al. Com ele, formou os adjetivos pascal e pascoal. As duas letrinhas aparecem em montões de adjetivos. Em todos, têm o mesmo significado. Querem dizer relacionado com, pertinente a. Pascal e pascoal são relacionados com a Páscoa (festa pascal, Monte Pascoal). Campal, com campo (batalha campal).

A Páscoa e a língua: termos vicários

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A religião fala em morte vicária. A língua, em termo vicário. Ambos têm dois pontos comuns. O primeiro: a substituição. A morte de Cristo substituiu a dos homens. O termo vicário toma o lugar de outro que foi citado. O segundo: o objetivo nobre. Jesus salvou os homens. O termo vicário evita repetição. Termos vicários Generosa, a língua oferece montões de possibilidades para evitar que […]

A Páscoa e a língua: morte vicária e termos vicários

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

  Páscoa é palavra hebraica. Quer dizer passagem. É tão antiga quanto Adão e Eva. Bem antes de Moisés vir ao mundo, os pastores nômades comemoravam o evento. Cantavam e dançavam pela despedida do inverno e a chegada da primavera. Na nova estação, a neve se ia. Os campos se cobriam de pastagens. Os alimentos abundavam. Oba! Mais tarde, os judeus começaram a festejar a […]

Páscoa: o ovo e o coelho

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A Páscoa tem símbolos. Um deles: o círio pascal. Trata-se de uma vela onde estão inscritas a primeira e a última letra do alfabeto grego – alfa e ômega. A mensagem: Cristo é o princípio e o fim. Ao mesmo tempo, luz. O coelho O outro é o coelho com o ovo. “Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim – um ovo, dois ovos, três […]

A língua dos mil verbos

Publicado em Deixe um comentárioetimologia

A língua é feita de palavras. Língua e palavra têm um denominador comum. São femininas e, por isso, plenas de poder. Como as bruxas medievais e as feiticeiras modernas, fazem e acontecem. Montadas na vassoura, voam, criam, recriam. E conjugam todos os verbos. O blogue lembra seis. Conversar é um deles. A língua adora bater papo. E, no vai e vem de histórias, incorpora palavras […]