Meia: empregos que confundem

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Na recepção do salão de convenções em Fortaleza: — Por favor, gostaria de fazer minha inscrição no Congresso. — Pelo seu sotaque vejo que o senhor não é brasileiro. O senhor é de onde? — Sou de Maputo, Moçambique. — Da África, né? — Sim, sim, da África. — Pronto, tem palestra agora na sala meia oito. — Desculpe, qual sala? — Meia oito. — […]

Meio: quando flexionar

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Alguém disse que a gramática é um sistema de ciladas. As armadilhas ficam à espreita. Ao menor descuido, lá vamos nós. Caímos de quatro. A palavra meio é um dos perigos. Meio = um tanto A bichinha, cheia de meias horas, às vezes se mantém invariável. Não quer saber nem de feminino nem de plural. No caso, é advérbio. Significa um tanto: Maria anda meio […]

Lia está meio triste? Meia triste?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Em certos empregos, meio é invariável. Não quer saber nem de feminino nem de plural. Advérbio, significa um tanto: Maria anda meio (um tanto) irritada. Na prova, os alunos pareciam meio (um tanto) inseguros. Há uma coisa meio (um tanto) lógica. Lia está meio triste. Noutros empregos, meio quer dizer metade. Aí, terminou a moleza. Flexiona-se como qualquer mortal: Os médicos dizem meias verdades. Comprei […]

Meio, meia: quando usar

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Em certos empregos, meio é invariável. Não quer saber nem de feminino nem de plural. Advérbio, significa um tanto: Maria anda meio (um tanto) irritada. Na prova, os alunos pareciam meio (um tanto) inseguros. Há uma coisa meio (um tanto) lógica. Noutros empregos, meio quer dizer metade. Aí, terminou a moleza. Flexiona-se como qualquer mortal: Os médicos dizem meias verdades. Comprei duas dúzias e meia […]