Sic: significado e emprego

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Expulsaram o latim da escola. Não adiantou. Ele continua presente no dia a dia. É o caso de sic. As três letrinhas significam assim, desse jeitinho. Vêm entre parênteses depois de palavra com grafia incorreta, desatualizada ou com sentido inadequado ao contexto.  Com elas, fica claro que a pessoa não tem nada a ver com a barbaridade. Quer um exemplo? Ei-lo: “A paralização (sic) das […]

Solteiro: origem

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Hoje é Dia do Solteiro. Daí a curiosidade: de onde vem a palavra que dá nome à efeméride? Ela vem do latim solitarius. Na língua dos Césares, a polissílaba significava que vive só, separado, carente de convivência. Em Pindorama, passou a designar estado civil — pessoa que não é casada. Hoje pouca gente liga pra aliança no anular esquerdo. Mas, antigamente, a história tinha outro […]

Sic e data venia: significado e emprego

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

  Expulsaram o latim da escola. Não adiantou. Ele vive assombrando a língua. É o caso de data venia. A duplinha significa com o devido consentimento. É o caso, também, de sic. Na língua dos Césares, as três letrinhas querem dizer assim, desse jeitinho. Nós as usamos até hoje. Vêm, entre parênteses, depois de uma palavra com grafia incorreta, desatualizada ou com sentido inadequado ao […]

Dias da semana: história

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Na quinta, Temer & cia. foram presos. Espernearam. Na sexta, os advogados entraram com pedido de habeas corpus. O julgamento foi marcado para quarta. Saiu na segunda. Ufa! A imprensa nacional e estrangeira divulgou o vaivém. Não deu outra. Os dias da semana entraram em cartaz. E chamaram a atenção. Monday em inglês. Montag em alemão. Manadagr em escandinavo. Lunedi em italiano. Lunes em espanhol. […]

Habeas corpus: significado

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A polícia bota o suspeito no xilindró. Vem uma ordem judicial. Manda soltá-lo. É que o sabido entrou com pedido de habeas corpus. A expressão jurídica é antiga como andar pra frente. Quer dizer “que tenhas o corpo para apresentá-lo ao tribunal”. Na prática, tem duas funções. Uma: pôr em liberdade quem estiver ilegalmente preso. A outra: garantir a liberdade de quem estiver ameaçado de perdê-la. […]

Propriedade vocabular: demitir e exonerar

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Ufa! A novela Bebianno não chega ao fim. Jornais, rádios, tevês, sites e blogues apostam todos os dias. Uns dizem “a demissão será publicada hoje”. Outros falam em “exoneração”. E daí? O ministro é demissível ad nutum. Tradução: ele ocupa cargo de confiança. Sem estabilidade, pode perder o cargo segundo o humor do patrão — a qualquer momento. E daí? Ele é demitido ou exonerado? […]

Demissível ad nutum: etimologia e história

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O Congresso dá posse a Jair Bolsonaro. Jair Bolsonaro dá posse aos ministros. As 22 excelências chegaram lá sem disputar eleições. São nomes de livre escolha do presidente da República. Por isso, não têm estabilidade nem prazo de validade. São demissíveis ad nutum. Demissível ad nutum Em 1808, a família real chegou ao Brasil. Com ela, veio a corte portuguesa. Onde abrigar tanta gente? O […]

Posse: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

É hoje. Jair Bolsonaro, eleito em outubro, toma posse como presidente da República. Vai ocupar o Palácio do Planalto por quatro anos. Em meio a solenidades, cumprimentos, desfiles, discursos, recepções etc. e tal, pintou a curiosidade. O que quer dizer posse? A palavra vem do latim posse. Significa poder. Cumprido o protocolo, os eleitos passam a exercer o poder que pleitearam ao se candidatar a […]