Siglas: Libras & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Michelle Bolsonaro fez discurso em Libras. A imagem da primeira-dama no parlatório bombou. Jornais, tevês e internet a exibiram com caras e bocas. De carona, pintou a questão: por que Libras se escreve com a inicial maiúscula? A resposta é simples como andar pra frente. Porque se trata da sigla de língua brasileira de sinais. A redução de termos longos fazem parte da linguagem moderna. […]

Faixa: o porquê do xis

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O ungido das urnas vai vestir a faixa presidencial. A questão: por que faixa se escreve com x? A resposta: porque a letra vem depois de ditongo. É o caso de caixa, baixa, ameixa, baixela, frouxo, peixe, trouxa, rouxinol, embaixada. Exceção? Só uma: caucho (árvore que dá o látex do qual se produz borracha). Daí recauchutar e recauchutagem.  

Maiúsculas e minúsculas: meses

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Olho vivo, marinheiro de poucas viagens. Eles são 12. Repetem-se ano após ano. Uns têm 30 dias. Outros, 31. Só um se conforma com 28. De quatro em quatro anos, ganha um de presente. Fica com 29. Apesar das diferenças de tamanho, os meses têm um denominador comum. Escrevem-se com a letra inicial mixuruuuuuuuuuuuuuca: janeiro, fevereiro, março, abril, maio. Vira-vira As palavras são vira-casacas. Mudam […]

Papai Noel e papai-noel: diferença

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Papai Noel é o bom velhinho. O nome vem do francês Père Noël. Significa Pai Natal. Generoso, o gordinho de barbas brancas e roupas vermelhas distribui presentes para todos. Ele tem um filhote. É papai-noel. Assim, com hífen e letra minúscula. Quer dizer presente de Natal: O que você quer de papai-noel? Ainda não comprei seu papai-noel. Pra completar minha lista, preciso de mais três […]

Hífen: mega-

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Em época de excessos, um dissílabo pede passagem. Trata-se de mega-. É megaministério pra lá, megaoperação pra cá, mega-atividade pracolá. Viu? Ora o hífen pede passagem. Ora não tem vez. Por quê? Mega pede hífen quando seguido de h ou a. No mais, é tudo colado: mega-aglomeração, mega-hertz, megaoperação, megarregião, megassistema.  

Fiscalizar: por que z, não s? Porque -isar não existe

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Quem vai ser responsável pela fiscalização do trabalho infantil com a extinção do Ministério do Trabalho?”, foi a pergunta do dia.  Ao noticiá-la, pintou a dúvida. Por que fiscalização se escreve com z, não com s? Pela mesma razão que civilizar, organizar, catequizar & cia. É que o sufixo -isar não existe. Se não existe, como explicar paralisar, analisar, pesquisar? A chave da resposta se encontra […]