Sordidez: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O ministro da Saúde dava entrevista coletiva para atualizar a população sobre as providências no combate ao coronavírus. Em um momento, referiu-se à sordidez de alguns comunicadores. O termo chamou a atenção. De onde vem o vocábulo? Ele vem do latim sordes. Na língua dos Césares, queria dizer imundície, sujeira, a matéria grossa e pegajosa das feridas. Por extensão, asqueroso, repugnante, nojento, indecente, indigno. Etc. […]

Histeria: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“É histeria”, disse Bolsonaro ao se referir aos cuidados para frear a disseminação do coronavírus. Em consequência, furou a quarentena e foi pras ruas. Cumprimentou os manifestantes e tirou selfies com homens e mulheres. Ao recolher-se, ficou curioso. De onde vem a palavra histeria? O dicionário de etimologia responde: vem do grego hystera. Na língua de Platão e Aristóteles, hystera quer dizer útero. Por isso, […]

Caos: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A palavra da semana? É caos. O coronavírus avança. A OMS declara pandemia. As bolsas de valores despencam. O dólar alça voo. O Congresso aumenta a despesa pública. Falta dinheiro. Ufa! A palavra grega pede passagem. No começo de tudo, antes de existir o mundo, havia um grande vazio. Era o vácuo, o abismo – o caos. Dele nasceu Gaia. Os ascendentes e descendentes de […]

Etimologia: barato

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A origem de barato? A palavra vem da língua do povo que mais sabe negociar no mundo. É o árabe. Na língua de Maomé e na de Camões, mantém o significado: baixo preço. Ora, o bolso é a parte mais sensível do corpo. Daí por que nasceu a expressão verde-amarela “o maior barato”. Eta coisa boa!

Etimologia: março

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Abram-lhe alas. O deus da guerra vai passar. Ele se chama Marte. Forte, valente e mau, está sempre preparado pra luta. Dia e noite usa armadura e capacete. Na mão esquerda carrega um escudo. Na direita, uma espada. Onde há guerra, lá está ele. Aparece de surpresa, num carro puxado por quatro cavalos. No campo de batalha, não deixa por menos. Fica no meio dos […]

Fobia & cia.: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Uiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Que medo! Fobos está no pedaço. O moço, filho de Marte, não usa roupa. Em cima do corpo nu, joga uma pele de leão. Todos tremem de pavor ao ver figura tão esquisita. Fobos assusta os combatentes. Ao vê-lo, os soldados pensam que é fantasma. Fogem apavorados. Fora do Olimpo, Fobos não assusta nem passarinho. Mas o nome do moço vestido de leão deixou […]

O carnaval e a Igreja

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Carnaval é coisa séria. Tão séria que a Igreja o controla. É a Santa Sé que manda na festa. Começa pelo calendário e chega ao nome. Ela diz: “O momo só pode reinar 40 dias antes da quaresma. Vai do Dia de Reis (6 de janeiro) à quarta-feira de cinzas. Depois disso, o mundo se veste de roxo”. Cadê autonomia? A quarta-feira de cinzas depende […]

Curiosidade: Flamengo campeão

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Viva! O Flamengo é campeão da Supercopa do Brasil. Na partida decisiva disputada em Brasília, o clube goleou o Athlético Paranaense (3 x 0). “Campeão! Campeão! Campeão!”, gritava a torcida. Passado o alarido da festa, vale a curiosidade etimológica. A palavra campeão nasceu na Alemanha. Quando usava fraldas, tinha significado muito especial. Designava o cavaleiro medieval que combatia em campo fechado em defesa de uma […]

Gafe: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Guedes chamou os funcionários públicos de parasitas. Pegou mal. “Foi uma gafe”, disseram assessores. A palavra suscitou curiosidade. Gafe? Qual a origem da criatura? Vocábulos ligados à etiqueta em geral vêm do francês. Nos convites, aparece RSVP. Na língua de Victor Hugo, as quatro letrinhas querem dizer répondez s´il vous plaît. Na nossa, favor confirmar a presença. Gafe também vem de lá. Significa ação ou […]