Com crase ou sem crase?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Órgãos públicos trabalham em parceria no combate a dengue”, escreveu o site do jornal. Leitores sentiram falta do sinalzinho da crase. Com razão. No período ocorre o casamento da preposição a com o artigo a. Como acertar sempre? Basta apelar para o troca-troca — substituir a palavra feminina por uma masculina. Deu ao? Sinal de crase. Veja: Órgãos públicos trabalham no combate ao câncer. Vem, […]

Crase: Nossa Senhora

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Hoje é dia dela. Nossa Senhora recebe homenagens na Bahia e no Rio Grande do Sul. Na terra de Caetano e Bethânia, ela se chama Iemanjá. Na de Érico Verissimo, Nossa Senhora dos Navegantes. Barcos, flores e presentes enfeitam rios e mares. Em meio aos festejos, pinta uma dúvida. “Homenagem a Nossa” pede crase? Não. Crase é o casamento de dois aa. Um é a […]

GloboNews tropeça na crase

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Regina Duarte vai à Brasília conhecer a Secretaria da Cultura”, escreveu na telinha a GloboNews na Edição das 10. Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Tropeçou na crase. Brasília não aceita artigo. Por isso não ocorre o casamento de dois aa. Como saber se cidades, estados e países aceitam artigo? Nos tempos em que a escola ensinava e o aluno aprendia, os professores citavam um versinho que mostrava o caminho […]

Manhas da crase: de…a, da…à

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Dois pares formam 20-20. São duas dezenas no começo e duas no fim. A língua também tem seus casaizinhos. Fiéis, eles acreditam que, uma vez unidos, sempre unidos. Dois deles são pra lá de conhecidos. Trata-se das duplinhas de…a e da…à. Um a tem crase. O outro vem soltinho e feliz como pinto no lixo. Por quê? A razão é uma só: mania de imitação. […]

Amor à primeira vista? Amor a primeira vista?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Bolsonaro dava posse ao procurador-geral da República. De gravata verde-amarela, Augusto Aras olhava encantado para o morador do Planalto. O presidente retribuiu. Olhou o deslumbrado nos olhos e soltou esta: — Com todo o respeito, foi amor à primeira vista. Falar é uma coisa. Escrever, outra. Na hora de redigir a matéria para o jornal, pintou a dúvida: com crase ou sem crase? Os repórteres […]

Cadê a crase?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Guedes pede desculpas por ofensa a mulher de Macron”, escreveu o site do jornal. Leitores fizeram o que têm de fazer. Leram. Ops! Estranharam a falta do sinalzinho indicador de crase. No caso, estão presentes dois aa: a preposição exigida pelo verbo (a gente pede desculpas a alguém) e o artigo definido que acompanha o substantivo mulher de Macron: Guedes pede desculpas por ofensa à […]

Crase: superdica

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O acento grave não deixa dúvidas. Trata-se da crase. A danada ocorre se dois aa se encontrarem. O casório se dá quando a preposição a encontra o artigo definido a, ou o demonstrativo a, ou o a inicial dos pronomes demonstrativos aquele, aquela, aquilo: O êxito é obstáculo à liberdade. Entreguei o relatório àquele homem. Excluindo-se o caso dos pronomes demonstrativos, só haverá crase antes […]

Crase: comprar à prestação

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

É um pega pra capar. De um lado, países europeus. Eles dizem que o Brasil desmata a floresta amazônica sem compaixão. De outro, o governo brasileiro, que nega a acusação. Afirma que ninguém preserva tanto o meio ambiente quanto o Brasil. No bate-boca, a Alemanha decidiu cortar ajuda que faz para preservar aquele paraíso verde. Bolsonaro esnobou: “A Alemanha vai parar de comprar a Amazônia […]