Cinco meses é muito tempo? São muito tempo?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Sérgio Moro disse que “cinco meses é pouco tempo pra resolver o problema carcerário”. Repórteres repetiram a declaração. Comentaristas aplaudiram ou criticaram. Muitos tropeçaram na concordância: “Cinco meses são pouco tempo para resolver o problema carcerário”. Nada feito. As expressões é muito, é pouco, é mais de, é menos de, é suficiente, acompanhadas de especificação de quantidade, medida, preço, tempo e valor, são invariáveis: Dois […]

90% da população busca ou buscam?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Celebrando o Dia Nacional da Adoção, que ocorre neste sábado (25/5), equipes técnicas das varas infantojuvenis no país investem em projetos que procuram dar visibilidade e sensibilizar a população na adoção de crianças e jovens cujo perfil não é o mais buscado. É a chamada “busca ativa”. Cerca de 90% da população buscam crianças menores de 3 anos para adotar.” Pintou a dúvida: busca ou […]

Milhão, bilhão & cia.: concordância

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O contingenciamento do rico dinheirinho da Educação causou estragos na imagem do governo. Levas de estudantes invadiram as ruas. Faixas pediam ensino melhor. Nada mais justo. Em resposta, a equipe econômica liberou R$ 1,58 bilhão para o MEC. Oba! A imprensa aplaudiu a iniciativa, mas descuidou-se da língua. Muitos escreveram “1,58 bilhões”. Tropeçaram na gramática. A concordância de milhão, bilhão, trilhão & cia. se faz […]

Vende-se casas ou vendem-se casas?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Na passiva sintética, o verbo concorda com o sujeito: Vende-se apartamento no Leblon. Vendem-se apartamentos no Leblon. Aluga-se quarto. Alugam-se quartos. Considere-se uma falha. Considerem-se falhas. Superdica Para acertar sempre, recorra ao troca-troca. Construa a frase com o verbo ser. Se ele ficar no singular, o verbo da passiva sintética também ficará. Se no plural, idem. Veja: Vende-se apartamento. Apartamento é vendido. Vendem-se apartamentos. Apartamentos […]

Concordância: percentagem

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Como fica o verbo em construções como 10% da população, 1% dos presentes, 20% da turma? Singular ou plural?  O verbo pode concordar com o número ou com o nome: Dez por cento da população votou (concorda com população) ou votaram (concorda com dez). Um por cento dos presentes saiu (concorda com um) ou saíram (concorda com presentes).  Atenção Engana-se quem pensa que na concordância […]

Bolsonaro: duas armadilhas

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“A língua é um sistema de possibilidades”, dizem os linguistas. Exibe opções. Os usuários escolhem a mais adequada. Falantes discordam. “A língua é um sistema ciladas”, afirmam eles. Grafias, concordâncias, regências, colocações estão cheias de pegadinhas. Exemplos não faltam. Um deles ganhou as manchetes de sexta-feira. O presidente Jair Bolsonaro festejava o Dia Internacional da Mulher. Entre irônico e divertido, disse esta frase: “Temos 22 […]

Milhar, milhão, mil: gênero e concordância

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

1. Milhão é substantivo masculino. O numeral ou o adjetivo que o modifica deve concordar com ele: dois milhões de pessoas, duzentos milhões de estrelas, o milhão de dólares. 2. Prefira a concordância do verbo com a coisa expressa, não com o número: Um milhão de pessoas estavam presentes ao comício. 3. Com milhar, outro substantivo masculino, a regra é idêntica: dois milhares de laranjas […]