Esposo ou marido? Esposa ou mulher?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Bolsonaro se refere a Michelle como minha esposa. Michelle se refere a Bolsonaro como meu esposo. Há quem questione a palavra. Não seria preferível marido e mulher? É preferível. Não obrigatório. Marido e mulher são vocábulos mais comuns.  “Eu os declaro marido e mulher”, diz o padre durante a cerimônia de casamento. Curiosidade Esposa ou mulher? A questão pintou quando a Globo estudava os diálogos […]

Posse e porte: diferença

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Antes de assumir, Bolsonaro anunciou: vai liberar, por decreto, a posse de arma a cidadãos sem antecedentes criminais. Muitos ficaram preocupados. De agora em diante, qualquer um pode circular com pistola na cintura? Especialistas entraram em cena. Lembraram que posse é uma coisa. Significa ter um revólver, uma pistola, um rifle. Porte é outra. Quer dizer circular com a perigosa. Tirá-la de casa e levá-la […]

Crase: pão à Bolsonaro

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O Globo diz que virou moda hábito inusitado de Jair Bolsonaro. O presidente eleito adora pão com leite condensado. Padarias do Rio passaram a oferecer a iguaria. Sucesso. Ao anunciar o fato, o jornal escreveu “O pão à Bolsonaro ganha adeptos”. Leitores estranharam a crase antes de nome masculino. Correto? Na frase, esconde-se uma expressão feminina: O pão à (moda de) Bolsonaro. Nota 10. Outros […]

Bolsonaro e o hífen

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

José Ricardo escreveu: “Moro e Bolsonaro já divergem feio. A culpa é do hífen”. A conclusão se baseou neste tuíte do presidente eleito: “O juiz federal Sérgio Moro aceitou nosso convite para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Sua agenda anti-corrupção, anti-crime organizado, bem como o respeito à Constituição e às leis, será o nosso norte!” Escreveu Moro em declaração distribuída à imprensa: ” … […]

Erramos: colocação de pronome

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“O magistrado assumirá o Ministério da Justiça a convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro, que prometeu-lhe carta branca”, escrevemos na primeira página. Viu? Esquecemos lição que aprendemos lá atrás. A gangue qu (que, quem, quando, quanto) funciona como ímã. Atrai o pronome átono. Melhor corrigir: O magistrado assumirá o Ministério da Justiça a convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro, que lhe prometeu carta branca.

Contágio de Bolsonaro: emprego de “mesmo”

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Quem desrespeitar a lei sentirá a força da mesma”, disse Jair Bolsonaro em entrevista ao Jornal Nacional. Ops! O presidente eleito tropeçou num dissílabo pra lá de conhecido por quem anda de elevador. Trata-se de mesmo. Como lidar com ele? Depende. Quando reforça nome ou pronome, mesmo concorda com o termo a que se refere: Ele mesmo leu o discurso. Ela mesma leu o discurso. Nós mesmos (mesmas) lemos o […]

Erramos: vírgula

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Ontem, votou ao lado da mulher Michele, no Rio de Janeiro”, escrevemos na pág. 3. Ops! A vírgula faz estragos. A ausência de vírgula provoca tragédia. Corremos esse risco. Dissemos que Bolsonaro tem mais de uma mulher. Ele só tem uma? O sinalzinho se impõe: Ontem, votou ao lado da mulher, Michele, no Rio de Janeiro.

Erramos: vírgula

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Avaliação psiquiátrica, realizada por um profissional particular, a pedido da defesa de Adelio Bispo de Oliveira, agressor de Jair Bolsonaro, concluiu que ele está acometido por problemas”, escrevemos na pág. 2. Ops! As duas primeiras vírgulas sobram. O termo “realizada por um profissional particular” é restritivo. Diz que nem todas as avaliações chegaram a essa conclusão. Mas a realizada por profissional particular. Melhor livrar-se delas: […]