Nome da letra

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Você sabia? O a, quando nome da letra, leva acento (á): Não diz á nem bê. O bê-á-bá da política é a conversa. O locutor consultou o fonoaudiólogo porque não conbsegue pronunciar o á com clareza.   A primeirona do alfabeto tem duas formas no plural. Uma: ás. A outra: aa. A escolha é sua: Os ás do locutor são quase inaudíveis. Os aa do […]

Ronaldinho liberou geral

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Ronaldinho, agora Ronaldão, justifica a mudança de grau do nome. Com séria lesão no joelho, o Fenômeno liberou geral. A primeira beneficiada foi a balança. Fotógrafos flagraram o atleta em Ibiza, na Espanha. Chamou-lhes a atenção o tamanho da barriga. Fazia dobras.    Curiosos tentaram adivinhar o peso do rapaz. Apostaram alto. Talvez algum tenha acertado, mas o importante na disputa foi respeitar o gênero da palavra grama. A […]

Senado em dúvida

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Os senadores estã em pânico. A razão: na calada da noite, Suas Excelências puseram nos trilhos novo trem da alegria. Nada menos que 97 passageiros podem embarcar na confortável locomotiva sem pagar passagem e sem disputar lugar com outros concorrentes.   “Eu também quero”, gritaram os concurseiros que ralam anos pra entrar no serviço público pela porta da frente. A imprensa foi atrás. Resultado: diante […]

A implicância do implicar

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    O verbo implicar implica com a gente. Ou nós implicamos com ele. Versátil, o trissílabo aparece em diferentes companhias ou sem companhia.   Às vezes circula com a preposição em. Ganha, então, o significado de enredar-se, envolver, comprometer: O depoimento do assessor implicou o banqueiro no escândalo.   Outras, dá a vez à preposição com. No caso, quer dizer ter implicância, embirração: O chefe […]

O bem-amado

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Qual o verbo que a meninada mais conjuga? É querer. Quando pequenos, garotos e garotas batem o olho num brinquedo e não dá outra: “Eu quero”, dizem com autoridade. Crescidinhos, vêem mochilas, tênis, bermudas e camisetas dando sopa na vitrine. “Eu quero”, exclamam contando notas e moedas da mesada. Paizões, ouvem dos filhos a torto e a direito: “Eu quero”.   Ufa! Verbo tão […]

Já eram

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    Imagine a cena: dia após dia, ano após ano, você encontra a mesma pessoa, com a mesma roupa, o mesmo sapato, o mesmo corte de cabelo, o mesmo sorriso, a mesma conversa. É a mesmeira.   Ser sempre igual não é privilégio do reino dos homens. No reino da palavra também existem os mesmeiros. Chamam-se chavões, clichês ou lugares-comuns. De tanto se repetidos, […]

Residentes e situados

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    No requerimento, você tem que dizer onde mora. Vem a dúvida: residente à SQS 310? Na SQS 310? Residente à Rua dos Andradas? Na Rua dos Andradas? Situada à Avenida Comercial? Na Avenida Comercial?    Sempre em (no, na). Residente na SQS 310. Residente no Plano Piloto. Residente na Rua dos Andradas. Residente em Belô. Residente em Paris. Residente no Brasil.   Situado […]