Nem a pau, Juvenal

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Viu a propaganda da Sadia? D. Elvira chega à padaria e pede: — Quero trezentos gramas de presunto Sadia. O vendedor, com ar cúmplice, pergunta: — A senhora não quer experimentar outra marca? — Nem a pau, Juvenal, responde ela. A freguesa ensina lição pra lá de repetida. No caso, grama é masculino. Daí ela ter pedido trezentos gramas.  

Bruxa solta

Publicado em Deixe um comentárioGeral

A bruxa anda solta. Com vassourinha e tudo, a feiosa fez estragos. Explodiu um jatinho na Bahia. Derrubou um helicóptero em Minas. Assustou passageiros da TAM que voltavam de Miami. Tanta notícia ruim obrigou a imprensa a prestar atenção a dois pormenores. O primeiro: retirar o chapéu de voo. A reforma ortográfica apagou o acento do hiato oo (voos, coroo, abençoo, perdoo). O segundo: não […]

Conosco ninguém pode

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Há secretárias e secretárias. Mas todas têm uma marca. São um baita quebra-galho. No aperto, sempre dão um jeito. Há o caso da auxiliar que não sabia se sexta-feira se escreve com x ou s. Sem dicionário por perto, transferiu a reunião para sábado. Outro dia, pintou uma dúvida no cursinho. O diretor ditava um texto. A secretária anotava. Em dado momento, ele a mandou […]

Erramos

Publicado em Deixe um comentárioErramos, Geral

“Dez vítimas pertenciam à família do empresário Roger Ian wright, 56 anos, além do piloto, do copiloto, de uma babá e da neta de 3 anos” de sua mulher, Lucilia Lins”, escrevemos na pág. 7. Viu? O além de adiciona. Diz que os enumerados pertencem à família. Mas eles não pertencem. A saída? Eis uma: Dez vítimas pertenciam à família do empresário Roger Ian wright, 56 […]

A importância da pontuação

Publicado em 1 ComentárioGeral

Um professor de Direito Civil dizia: Toda história tem quatro verdades. 1 – A verdade do seu cliente, que você irá defender. 2 – A verdade da outra parte, que o outro advogado irá defender. 3 – A verdade do juiz, que a terá com base no que os advogados conseguiram convencê-lo, e perpetuará (sentença). 4 – A verdade verdadeira, o que realmente aconteceu de […]

Cara, mostra a tua cara

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    Primeiro foi José Alencar. “Luto contra um câncer”, disse com todas as letras o vice-presidente da República. Depois foi Glória Peres. “Faço tratamento contra câncer linfático”, declarou a autora de Caminho das Índias. Por fim, foi a vez de Dilma Rousseff. “O câncer que me ataca tem cura”, afirmou a chefe da Casa Civil do Planalto. Viva! Antes palavra assustadora, câncer ganhou bocas […]

O burro e o cão ¿ ajuda ao próximo

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Era uma vez… Um homem caminhava devagar pela estrada. Com ele iam o cachorro e o burro de carga. Depois de andar bom pedaço, resolveu descansar debaixo de uma árvore. Parou e tirou um soninho. O burro aproveitou pra pastar. Passado um tempinho, o cachorro pediu pro burro: — Você pode se abaixar um pouco? Estou com fome e minha comida está na sacola que […]