Acordo ortográfico entre amigos

Publicado em Deixe um comentárioGeral

          Ninguém esperava. Mas aconteceu. Em 2009, entra em vigor o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A história começou em 1990. Em dezembro, os sete países lusófonos assinaram o acerto em Lisboa. Impuseram uma condição para as mudanças entrarem em vigor: a ratificação do total de signatários.    O tempo passou. Angola e Moçambique enfrentavam guerras civis. Não estavam nem aí pra tremas e […]

Libertem a língua

Publicado em Deixe um comentárioGeral

      Boaventura de Sousa Santos     A língua portuguesa deve ser deixada em paz, entregue à diversidade que torna possível que nos entendamos em português   SENDO A ortografia uma pequena dimensão da vida da língua, seria legítimo esperar que não fosse necessário o acordo ortográfico ou que, sendo-o, pudesse ser celebrado sem dificuldade nem drama. No caso da língua portuguesa, assim […]

Falsa leitura

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  “Uma ONG dirigida pela mulher do deputado Paulinho da Força Sindical recebeu doação de suspeito de fraudes”, escrevemos na legenda da pág. 5. Tradução: Paulinho se chama Paulinho da Força Sindical. Não é isso? Então a vírgula se impõe: Uma ONG dirigida pela mulher do deputado Paulinho, da Força Sindical, recebeu doação de suspeito de fraudes.

Verbo, o senhor da fala

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Coluna publicada hoje no caderno Gabarito, do Correio Brziliense.     Eles disseram:   “Mensagens capazes de levantar o ânimo são como fontes de calor e conforto.”     Verbo, o senhor da fala   53 — maquiar     Sogros não são parentes     Ufa! É dossiê pra cá, vazamentos pra lá, assassinatos pracolá. Não dá pra pensar em outra coisa. A […]

Enunciado desleal

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Humberto Soares Lemes quer entrar no serviço público pela porta da frente. Fez o que deve ser feito. Submeteu-se a concurso para disputar uma vaga de técnico de finanças e controle da Corregedoria Geral da União. Na prova de português, uma questão lhe pôs as barbas de molho. Ei-la:     11- Exige-se acento circunflexo nas terceiras pessoas do plural do presente do indicativo e […]

Vírgula intrusa

Publicado em Deixe um comentárioGeral

A capa da revista é pra lá de atraente. Trata do preço da saúde. O assunto interessa ao governo, aos empresários e aos brasileiros — pobres, ricos ou remediados. Mas…surpresa! A edição vendeu pouco nas bancas. Editores e repórteres, preocupados com o ibope, fizeram o que sabem saber: apurar os fatos.     Pergunta daqui, investiga dali, eureca! A vilã da história é a vírgula. O vermelhão […]

Atacadão de filhos

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Gêmeo é palavra que vale por duas. Pode dar nome às crianças nascidas do mesmo parto. Pode, também, designar cada uma delas: Christiane Torloni teve gêmeos. Anos depois, um dos gêmeos morreu atropelado.   Mais de dois  Nasceram mais de dois bebês? Bem-vindos! E mãos à obra. Multipliquem as fraldas, as mamadeiras, os berços. E relembrem as palavras que nomeiam a meninada: trigêmeos (três), […]

Bem-vindo, bebê

Publicado em Deixe um comentárioGeral

   Nasceu o filho? Viva! A festa rola. Não faltam flores, presentes, comidas gostosas. Câmeras clicam sem parar. Sorrisos se oferecem pra dar e vender. Mas sobra pra língua. Aqui e ali dizem “a mãe deu à luz a um menino”. Nem pensar. O a sobra. A forma abençoada é “dar à luz um filho”. Significa trazer ao mundo um garotão.   Valem exemplos:   […]

Fiat lux

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  “Parirás com dor”, disse o Todo-Poderoso. Antes de falar, pensou duas vezes. Tinha ouvido falar nas manhas do verbo parir. Queria respeitá-las. Puxou da memória. Fiat lux! Tudo ficou claro. Parir, embora não pareça, tem todas as pessoas. Mas algumas são bem esquisitas.   O xis da questão é o presente do indicativo. A primeira pessoa é “eu pairo”. Já imaginou? Confunde-se com o verbo […]