Erramos

Publicado em Deixe um comentárioErramos, Geral

  “Ao comparar os 30 dias anteriores à lei seca com os 30 posteriores, Detran verificou queda de 6% no total de óbitos”, escrevemos na pág. 25. Cadê o artigo? A ausência do pequenino antes de Detran nos diz que há vários Departamentos de Trânsito na cidade. Não é verdade. Vem, ozinho: Ao comparar os 30 dias anteriores à lei seca com os 30 posteriores, […]

Golpe de mestre

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Ops! Olha o golpe de mestre. Barak Obama faz um giro pelo Oriente Médio. Com ele foram os principais jornalistas americanos. Resultado: o candidato democrata não sai das manchetes de rádios, tevês e jornais.   Com o sucesso, uma dissílaba entra em cartaz. Com força total, o afro pede passagem e põe a pulga atrás da orelha de negros e brancos. Ora aparece como substantivo. […]

Ops! Olha a blitz

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    Em tempos de lei seca, uma palavra passa de boca em boca. Trata-se de blitz. Apesar de usada e abusada, a pequenina enche os brasileiros de dúvida. Ninguém sabe ao certo o plural da alemã.   A confusão se explica. Nem os dicionários se entendem. O Aurélio diz que é blitze. O Houaiss, blitzen. E daí? A tendência é aportuguesar a flexão. Como nariz […]

Quebra-cabeça

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  José Cândido de Carvalho descansava no céu. Chegou Dercy. Língua solta, disse a ele que havia lido a nova edição do livro que fizera tanto sucesso. “Nova edição?”, perguntou. Curioso, deu uma espiadinha nas prateleiras das livrarias. Arrepiou-se. Depois, se indignou. O horror estava no título. Você consegue identificá-lo?

Porque

Publicado em Deixe um comentárioGeral

O porquê dos porquêsPor que, por quê, porque, porquê. São quatro caras e confusão geral. Estudantes, jornalistas, advogados, todos hesitam na hora de escrever uma ou outra forma. Muitos chutam. Mas, como a língua não é loteria, a Lei de Murphy entra em vigor. Se pode dar errado, dá. Você joga no time dos que apostam na sorte? Faça o teste. Preencha os espaços com […]

Erramos

Publicado em Deixe um comentárioErramos, Geral

  O bem mais precioso do jornal? É o espaço. Por isso somos econômicos. Dizemos o que deve ser dito com as palavras necessárias — nem mais nem menos. Hoje esbanjamos. A prova está na pág. 15: “Apenas 11 foram autuados por dirigir com teor alcoólico no sangue acima do limite permitido. Todos os outros 108 condutores tinham irregularidades no documento do carro”. O “todos” […]