Plural: bate-boca & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Bolsonaro adora um bate-boca”, disse Alexandre Garcia. Verdade? Fantasia? Seja lá o que for, manda a prudência ter o plural da duplinha na ponta da língua. Bate-boca joga no time de guarda-chuva, porta-retrato, arranha-céu e beija-flor. As palavras são formadas de verbo + substantivo. Nesse time, só o último elemento se flexiona: bate-bocas, guarda-chuvas, porta-retratos, arranha-céus, beija-flores.  

Família -oide: asteroide, factoide & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Estudantes indianas de 14 anos descobrem asteroide. Ele está perto de Marte e sua órbita deve cruzar a da Terra em cerca de 1 milhão de anos. Enquanto o encontro não ocorre, vale a curiosidade. Asteroide rima com humanoide, que rima com planetoide, que rima com infantiloide. Todas têm um denominador comum. Terminam em –oide. As quatro letrinhas vêm do grego. Querem dizer forma, aparência, […]

Coma: feminino ou masculino? Depende

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A coma = cabeleireira vasta e crescida, juba, crinas, plumagem: Vaidosa, Maria exibe as comas douradas. O coma = estado mórbido de inconsciência: O enfermo estava em coma profundo. Trata-se de coma induzido. Curiosidade A palavra coma é grega. Quer dizer sono profundo. Em medicina, é um estado severo de perda da consciência, resistente a estímulos externos. O coma persistente se chama estado vegetativo.

Pêsames: origem & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A palavra pêsames pertence à família de pesar (causar dor, pena). É irmã de pesaroso. Nasceu da terceira pessoa do singular do presente do indicativo do verbo pesar + o pronome átono me: pesa-me. Mais tarde, perdeu o hífen e ganhou o s. Hoje só se usa no plural como férias, núpcias, condolências, anais, óculos, olheiras.

Flávio Dino pede que Bolsonaro lidere pacto. Certo?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A pandemia fez estragos. Um deles: destruiu milhões de empregos. O desafio agora é criar postos de trabalho país afora. O governador do Maranhão teve uma ideia que virou notícia. A imprensa divulgou: “Flávio Dino pede que Bolsonaro lidere pacto pelo emprego”. Será atendido? Se depender do emprego do verbo, a resposta é sim. A chave está no pedir que e pedir para. As duas […]

Plural: primeira-dama

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Denúncias de corrupção pululam Brasil afora. Malfeitos passados e presentes vêm à tona. No lamaçal sem fim, um fato chama a atenção – o envolvimento da primeira-dama no desvio do dinheiro público. O Rio é campeão com duas protagonistas. Amazonas e Piauí com uma. Elas viraram notícia. Vale, pois uma diquinha. O plural de primeira-dama é primeiras-damas.  

Hambúrguer: história e plural

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

De onde vem o nome do sanduíche adorado pelos americanos? Vem da Alemanha. Marinheiros de Hamburgo aproveitaram velha receita de povos nômades da Ásia e Europa oriental. Eles comiam carne crua cortada bemmmmmmmmm fininha. Os hamburgueses avançaram um passo — cozinharam a iguaria. Imigrantes que partiam do porto de Hamburgo levaram a delícia para a terra do Tio Sam. Os americanos gostaram da novidade. Mas, […]