Chique é… ser natural (3)

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Imagine que o leitor esteja à sua frente ou ao telefone conversando com você. Fique à vontade. Espaceje suas frases com pausas. Sempre que couber, introduza uma pergunta direta. Confira a seu texto um toque humano. Você está escrevendo para pessoas. Pascal explica: “Quando descobrimos um estilo natural, ficamos espantados e satisfeitos porque esperávamos um autor e encontramos um ser humano”.  

Chique é… ser organizado (9)

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Planeje o texto. Siga o conselho do uruguaio Horacio Quiroga: “Não comece a escrever sem saber aonde ir. Em um bom texto, as três primeiras linhas têm quase a mesma importância que as três últimas.” Em Alice no país das maravilhas, o Coelho Branco, quando lhe perguntaram por onde começar o texto, respondeu: “Comece pelo começo e vá até o fim. Então, pare”.  

Chique é… ter limites (10)

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

No WhatsApp, só encaminhe vídeos, fotos e mensagens que interessem à pessoa. Entupir o celular do outro de inutilidades tem preço — a irrelevância. A pessoa deixa o post pra lá. Valem dois lembretes. Um: as duas regras de ouro do estilo contemporâneo — menor é melhor, menos é mais. O outro: o maior luxo da atualidade é o tempo.

Diplomacia: falar e dizer

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Falar sem dizer é habilidade ensinada ao candidato a diplomata nos bancos do Instituto Rio Branco. No treino para adquirir a técnica, vale lembrar duas expressões. Uma: “é interessante”. Curinga, ela cabe em qualquer situação e evita enrascadas. A outra: “é complicado”. Se posto contra a parede, o profissional faz um teatrinho: franze a testa, exibe um olhar pensativo, mexe os braços como quem procura […]