Estilo: forma positiva

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Você gosta de ouvir um redondo não? Ninguém gosta. Nem os bebês. Dizem que a criança que escuta muitos nãos nos primeiros meses de vida grava a negação na mente. Aí, Deus a acuda. Candidata-se ao título de adulto infeliz. Para alegria do psicólogo, claro. O leitor e o ouvinte também têm horror a esse advérbio. Fazem tudo para ignorá-lo. Muitas vezes, passam batido por […]

Ciladas da leitura e da cabeça

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A língua é pra lá de flexível. Como a água se adapta ao recipiente em que é jogada, ela se adapta às intenções do falante. Se ele quer fazer humor, ela atua como aliada. Se quer fazer chorar, ela o ajuda a rolar rios de lágrimas. Se quer transmitir uma informação neutra, ela diz presente. Se quer manipular, ops! Ela está prontinha da silva. Como […]

Concordância: assim como, bem como

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Com as expressões assim como  e bem como, o verbo pode ir para o singular ou plural. Observe a vírgula: Paulo, assim como Maria, estuda medicina. Paulo assim como Maria estudam medicina. Paulo, bem como Maria, estuda medicina. Paulo bem como Maria estudam medicina. Viu? Com vírgula, o termo vira adjunto adverbial. Sem a vírgula, compõe o sujeito. A oração passa a ter sujeito composto. […]

Oportunidade de o Brasil mostrar? Oportunidade do Brasil mostrar?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Olhos se arregalaram. Ouvidos se afinaram. Bocas se calaram. Ninguém acreditava. Mas é fato. A prova está lá, nos anais da Assembleia Geral da ONU. A razão do espanto: construção pra lá de sofisticada exibida pelo presidente. “Esta é a oportunidade de o Brasil se apresentar ao mundo”, disse Bolsonaro diante do plenário lotado. Por que de o Brasil?, perguntavam presentes e ausentes. Há explicação […]

Harmonia: dicas

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Palavras e frases devem conversar sem tropeços, ecos ou repetições. O resultado é a harmonia. Como alcançá-la? Há caminhos. Um deles: o metro.  A colocação dos termos é a chave — o mais curto (com menor número de sílabas) deve vir na frente do mais longo. Leia em voz alta as duas frases: O presidente pediu aos deputados que votassem a PEC em regime de […]

Cacófato: uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A mocinha de família foi ao ensaio de uma escola de samba. Chegando lá, um folião suado, banguela, vestido com a camisa de time popular pediu pra dançar com ela. Pra não ser preconceituosa, a jovem aceitou. Mas o cara transpirava tanto que a coitada chegou ao limite. Afastou-se e disse: — Você sua, hem? Ele a puxou, lascou-lhe um beijo e respondeu: — Beleza, […]

Rima na prosa? Xô

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A língua encanta. Harmonias e ritmos seduzem ouvidos e arrebatam corações. Como chegar lá? Não há necessidade de mágicas. Basta usar os recursos do código — organizar as palavras de tal forma que a frase ganhe fluência e ritmo. A melhor pista: ler o texto em voz alta. O que escapa aos olhos grita aos ouvidos. É o caso do eco. A rima é qualidade […]