Preso ou prendido? Depende

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A prisão de Fabrício Queiroz trouxe às manchetes o verbo prender. O danado é generoso. Tem dois particípios. Um regular, terminado em -ido como escolhido, batido, colhido. O outro irregular, mais curtinho. Quando usar um ou outro? Depende do auxiliar: 1. Com ser e estar, o pequenino tem vez: Queiroz foi preso pela polícia por causa do envolvimento no esquema das rachadinhas. Queiroz está preso. […]

Incendiar: conjugação e curiosidade

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Dizem que a pirotecnia de sábado na Praça dos Três Poderes poderia transformar o prédio do STF em chamas. Será? Pelo sim, pelo não, vale dar uma olhada no verbo incendiar. Ele se conjuga como odiar: odeio (incendeio), odeia (incendeia), odiamos (incendiamos), odeiam (incendeiam); odiei (incendiei), odiou (incendiou), odiamos (incendiamos), odiaram (incendiaram). E assim por diante. Curiosidade Naquele tempo, não havia perícia. Nem corpo de […]

Pirotecnia e o STF: origem

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Se o Brasil não existisse, precisava ser inventado. A quarentena serve de exemplo. “Fique em casa” é a ordem. Mas muitos não estão nem aí. Manifestantes tomam as ruas de Brasília e São Paulo. Alguns batem no governo. Outros aplaudem o hóspede do Planalto. Torcidas organizadas e ativistas antirracismo também desfilam na avenida. No sábado, a capital dos brasileiros se superou. Meia dúzia de gatos-pingados […]

Enquete na internet: 10 erros que mais incomodam (4)

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Tampouco / tão pouco Tampouco = também não, muito menos: Maria não fez a prova e tampouco deu explicações. Tão pouco = muito pouco: O deputado falou tão pouco que surpreendeu. Comeu tão pouco que deixou a mãe preocupada. Peço tão pouco!   Onde / em que Onde indica lugar físico: A cidade onde nasci tem 2 milhões de habitantes. A gaveta onde guardou os […]

Ordinal: como dizer e como escrever

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Que tal os ordinais de 1 a 10 e de 10 a 100? Ei-los: primeiro, segundo, terceiro, quarto, quinto, sexto, sétimo, oitavo, nono, décimo, vigésimo, trigésimo, quadragésimo, quinquagésimo, sexagésimo, septuagésimo (setuagésimo), octogésimo, nonagésimo, centésimo. Vale a dica Numeral ordinal tem alergia ao hífen. Pra evitar espirros e erupções na pele, deixe o tracinho longe da criatura tão sensível. Assim: décimo primeiro, octogésimo sétimo, centésimo décimo […]

De onde vem o nome Maracanã?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Viva! O Maracanã completa 70 anos. Quando foi inaugurado em 16 de junho de 1950, enchia os brasileiros de orgulho. Era o maior estádio de futebol do mundo. Comportava 200 mil pessoas — 10% da população do Rio da época. O então presidente da Fifa Jules Rimet o comparou ao Coliseu de Roma. Tantos superlativos suscitam a curiosidade: de onde vem o nome da obra […]

Quadrilha: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O numeral quatro formou senhora família. Entre os membros, quadrilha. Quando nasceu, o substantivo designava grupo de quatro pessoas. Depois, ganhou espaço. Passou a significar grupo de quatro integrantes, humanos ou não humanos. É o caso de esquadra (navios), esquadrilha (aviões), quadra (estrofe de quatro versos), quadrado (quatro lados), quadruplicar (multiplicar por quatro). E por aí vai. Quadrilha é dança pra lá de popular nas […]