Símbolos, pesos e medidas têm plural?

Publicado em 1 Comentárioportuguês

Hora, minuto, segundo, metro, quilograma, litro e respectivos derivados (quilômetro, grama, decilitro) jogam no time do sem-sem-sem — sem ponto, sem espaço e sem plural: 11h, 11h30, 55km, 10dl. Na era da internet, imperam duas regras. Uma delas: menos é mais. A outra: menor é melhor. A abreviatura de horas se curva à modernidade. Só pede a indicação de minutos se forem especificadas as horas […]

Plural de botãozinho, pãozinho e cia. tem manha

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Que emoção! Os diminutivos deixam a razão pra lá e falam de carinho, amor, ódio, ironia. Por isso têm manhas na flexão do plural. Pra chegar lá, temos de vencer três etapas. Uma: pôr o nome no plural. A outra: apagar o s. A última: acrescentar o sufixo –zinhos ou -zinhas. Assim: botão — botõe(s) — botõezinhos animal — animai(s) — animaizinhos pão — pãe(s) […]

Elas coçaram os narizes? Coçaram o nariz?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

As crianças coçaram os narizes? Nossos corações vibravam de felicidade? A universidade divulgou os nomes dos aprovados? O mestre de cerimônia agradeceu as presenças de todos? Nãooooooooooo! Olho vivo! No caso, o singular é distributivo. Vale pra todos. Ninguém tem mais de um nariz, mais de um coração, mais de um nome, mais de uma presença: As crianças coçaram o nariz. Nosso coração vibrava de […]

Elas são o alvo? Elas são os alvos?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

As mulheres são o alvo da campanha? Ou são os alvos da campanha? Filmes nacionais tornaram-se o destaque do festival? Ou os destaques do festival? Atenção, muita atenção. Deixe no singular o substantivo abstrato que, depois do verbo de ligação (ser, estar, tornar-se, virar, constituir) caracterize genericamente o sujeito plural: As mulheres são o alvo da campanha. Filmes nacionais tornaram-se o destaque do festival. Os […]

Plural dos estrangeirismos

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Há plurais e plurais. Alguns são fáceis como andar pra frente. É o caso de casa (casas), caju (cajus), amor (amores). Outros impõem condições: conhecer as manhas e artimanhas de esses e não esses. É o caso dos estrangeirismos. As línguas adoram conversar.Nós tratamos as estrangeirinhas como gente de casa. Sem discriminação: shows, shoppings, gangues, garagens, abajures.  

Plural de vira-lata, quero-quero, grão-mestre e cia.?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Só o último elemento vai para o plural em três casos: se apenas o primeiro for invariável:arranha-céus, guarda-roupas, beija-flores, vice-governadores, sempre-vivas, vira-latas, abaixo-assinados, caça-níqueis, ave-marias, salve-rainhas, alto-falantes, mal-humorados, recém-nascidos; se o substantivo for formado por elementos onomatopaicos ou palavra repetida:bem-te-vis, tico-ticos, reco-recos, quero-queros, quebra-quebras, tique-taques; se primeiro elemento for redução de um adjetivo (bel, de belo, grã ou grão, de grande): bel-prazer (bel-prazeres), bel-jardinense (bel-jardinenses), […]