Ronaldinho, travestis e polícia

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  E Ronaldinho, hein? Saiu das páginas esportivas para as policiais. Cabelo desgrenhado, olhar gozador, o craque apareceu diante das câmeras. Explicava por que se envolvera com três travestis. “Foi engano, disse ele. Pensei que fossem garotas de programa.” O trio dá outra versão. Alega que o atacante não quis pagar o valor combinado. Os quatro acabaram na delegacia.   Do vexame ficam muitas lições. […]

A verdade tem muitos lados

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    “A verdade tem dois lados”, escreveu Aristóteles. Bobeou. A verdade tem muitos lados. Depende do olhar. Se a pessoa mira o fato com foco econômico, dar-lhe-á abordagem econômica. Se político, o enfoque será político. Se religioso, a leitura seguirá os cânones do credo.   Vale o exemplo do padre Adelir Antônio de Carli. Ele queria arrecadar fundos pra paróquia. Como chamar a atenção […]

DICAS DE REDAÇÃO

Publicado em Deixe um comentárioGeral

DICAS DE REDAÇÃO   Você quer brilhar no vestibular? Vai disputar uma vaga em concurso pra lá de concorrido? Sonha sentar-se na cadeira do chefe? Acredite. A redação faz a diferença. Um texto elegante, capaz de veicular com clareza e simplicidade a mensagem que a gente quer transmitir, não é dom divino. É técnica. Trata-se de conquista pessoal, exercício diário de desapego e humildade. Ao […]

Língua Solta

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Esta coluna circula no cadeno Gabarito do Correio Braziliense às segundas-feiras.   Verbo, o senhor da fala52 — soer Sofisticação abusada A nação está de governo novo e, como sói acontecer, as esperanças são muitas, disse o senador diante de 80 colegas. Suas Excelências se entreolharam. Soer? Cruz-credo! O verbo é pra lá de sofisticado. Tão chique que poucos têm acesso a ele. Usá-lo requer engenho […]

Manchete em cartaz

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Luis Turiba leu a manchete do jornal Tribuna do Brasil. Arrepiou-se. Quis compartilhar o susto com os leitores. Eis o texto:     PAVIO CURTO PODE ASCENDER NA BOCA     A explicação na linha de baixo:   Promessa do Fla, o encrenqueiro Kayke vai tentar fazer a fama no Brasiliense.     Comentário: “O redator confundiu alhos com bugalhos. Trocou acender (incendiar) por ascender (elevar-se, subir). […]

Manchetes em cartaz

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Luis Turiba leu a manchete do jornal Tribuna do Brasil. Arrepiou-se. Quis compartilhar o susto com os leitores. Eis o texto:     PAVIO CURTO PODE ASCENDER NA BOCA     Aí vem a explicação:   Promessa do Fla, o encrenqueiro Kayke vai tentar fazer a fama no Brasiliense.     Comentário: “O redator confundiu alhos com bugalhos. Trocou acender (incendiar) por ascender (elevar-se, subir). Maravilha […]

Língua Solta

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Esta coluna circula no cadeno Gabarito do Correio Braziliense às segundas-feiras.   Verbo, o senhor da fala52 — soer Sofisticação abusada A nação está de governo novo e, como sói acontecer, as esperanças são muitas, disse o senador diante de 80 colegas. Suas Excelências se entreolharam. Soer? Cruz-credo! O verbo é pra lá de sofisticado. Tão chique que poucos têm acesso a ele. Usá-lo requer engenho […]

DICAS DE REDAÇÃO

Publicado em Deixe um comentárioGeral

DICAS DE REDAÇÃO   Você quer brilhar no vestibular? Vai disputar uma vaga em concurso pra lá de concorrido? Sonha sentar-se na cadeira do chefe? Acredite. A redação faz a diferença. Um texto elegante, capaz de veicular com clareza e simplicidade a mensagem que a gente quer transmitir, não é dom divino. É técnica. Trata-se de conquista pessoal, exercício diário de desapego e humildade. Ao […]

Com elas ninguém pode

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Com elas ninguém pode Ufa! Os militares conseguiram engordar o contracheque. Palmas pra eles? Não. A vitória se deve às mulheres. As caras-metades, cansadas de esperar, foram às ruas. Acamparam em frente ao Ministério da Defesa. Fizeram passeatas. Bateram panelas. Resultado: as resistências cederam. O aumento chegou. Confirma-se, assim, chavão pra lá de repetido. Atrás de um grande homem, sempre há uma grande mulher. No […]

Frasecídio

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Frasecídio   A palavra vírgula vem de longe. Nasceu no latim. Lá, queria dizer varinha. Também significava pequeno traço ou linha. Depois, virou sinal de pontuação. Indica pausa rápida, menor que o ponto.   A mocinha atravessou os séculos. No caminho, suscitou discussões. Alguns afirmam que seu emprego é questão de gosto. A gente põe o sinalzinho onde tem vontade. Outros dizem que basta ler […]