Duas formas

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Má-formação ou malformação? A dúvida pintou na Redação da TV Brasília. A equipe se dividiu em dois grupos. De um lado, os defensores da duplinha. De outro, os da unidade. O juiz só podia ser um — o dicionário. O pai de todos nós deu a sentença: empate. As duas formas existem com o mesmo significado. Querem dizer formação anômala, irregular.

Erramos

Publicado em Deixe um comentárioErramos, Geral

  “Sem dúvida nenhuma, isso é resultado da nova lei e também, conseqüência da campanha intensa realizada pela mídia”, escrevemos na pág. 25. Viu? A vírgula ficou no meio do caminho. Ou sobra, ou falta. Pra dar-lhe rumo, há duas saídas. Uma: mandá-la pro beleléu. A outra: chamar o parzinho dela para isolar o também. Assim: Sem dúvida nenhuma, isso é resultado da nova lei e […]

Onde ou aonde?

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    De uma coisa ninguém duvida. O aonde é respeitável palavra casada. Resulta do encontro irresistível da preposição a com o pronome onde. Mas a união não se dá sem mais nem menos. Há requisitos.   Só ocorre com verbos de movimento que exigem a preposição a. O verbo ir, por exemplo. Quem vai vai a algum lugar: Aonde você vai? Vou ao Recife. Não […]

Correios de braços cruzados

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  A paralisação dos Correios faz estragos. Correspondências não são entregues. Contas não são pagas. Encomendas não chegam. Pior: a concordância deixa de ser feita. Correios é substantivo próprio plural. Joga no time de Estados Unidos, Palmeiras, Minas Gerais. Com eles, o verbo vai para o singular ou o plural?   Quem responde é o artigo. Olho nele. Se o nome vem acompanhado do monossílabo, […]

Vítima fatal?

Publicado em Deixe um comentárioGeral

    José Fernandes Costa, leitor do Diário de Pernambuco, escreve: “Dentro da boa lógica e pelo que mostram os dicionários, vítima é sujeito passivo de algum dano (acidente, lesão de um direito, tortura, morte). Fatal é funesto, mortal, que traz desgraça e por aí vai. Posto isso, o que quer dizer `vítima fatal´, expressão tão usada pelos repórteres em geral?   Nas TVs, nos jornais, nas emissoras de rádio, […]

Para Tom Wolfe, escrever é…

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  “Às vezes, se as coisas não vão bem, forço-me a escrever uma página em meia hora. E percebo que isso é possível. Descubro que aquilo que escrevo quando me obrigo a fazê-lo costuma ser tão bom quanto o que escrevo quando me sinto inspirado.Trata-se principalmente de se forçar a escrever. Há um ensaio maravilhoso que Sinclair Lewis escreveu a respeito de como escrever. Disse […]

Modismo

Publicado em Deixe um comentárioGeral

     Roldão Simas Filho escreve: “Nos últimos tempos surgiu o modismo de usar o termo ‘gênero’ em vez de ‘sexo’. Isso só complica a comunicação, pois em muitos casos fica difícil entender o que quer dizer ‘preconceito de gênero’ , diferença de gênero’ e quejandos (essa palavra era usada no tempo do Monteiro Lobato, hoje os mais jovens talvez nem a conheçam).   Os substantivos […]

Maldade

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Há palavras que detestam a solidão. Uma delas: cada. O pronome aparece sempre acompanhado (cada um, cada pessoa, cada profissional). Hoje esquecemos a idiossincrasia do dissílabo. A maldade está lá, na pág. 15: “No Plano Piloto atuam duas equipes, com dois fiscais cada”. Melhor pedir perdão à inocente criatura: No Plano Piloto atuam duas equipes, com dois fiscais cada uma.