Leitor pergunta

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Estava revisando o manual de um software quando me deparei com a seguinte frase: Na aba Banco de Dados, estará as informações definidas anteriormente. Uiiiiiiiii! Corrigi para: Na aba Banco de Dados, estarão as informações definidas anteriormente. Estou certa? Sei que posso mudar as palavras de lugar para evitar a confusão, mas gostaria de saber o que está realmente certo. (Sandra Silva) Oba! Você escapou […]

Pior ou mais mal?

Publicado em 1 Comentárioportuguês

Saiu no jornal: “Mesmo com o aumento de 77%, trabalhadores asiáticos da indústria têxtil continuam sendo os operários mais mal pagos do planeta”. Leitores estranharam. Não seria pior pagos? Nãooooooooooooooooooo! Antes de particípio, melhor e pior perdem a vez. Mais bem e mais mal abrem alas e circulam sobre tapete vermelho ao som de Mozart, Bethoven e Vivaldi: texto mais bem escrito, trabalho mais bem […]

Falso plural

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“O Ministério Público pediu as prisões preventivas de políticos”, anunciou o telejornal. A frase arranhou os ouvidos? Com razão. O plural sobra: O Ministério Público pediu a prisão preventiva de políticos. O mestre de cerimônias anunciou a presença do presidente, do governador e do prefeito. A universidade divulgou o nome dos aprovados no vestibular.  

De racismo a consumismo

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Novembro é azul. É, também, negro. No 11º mês do ano, comemora-se a consciência negra. O evento traz à tona palavra tão antiga quanto a arca de Noé. É o caso de racismo. Outras mais recentes como consumismo. Mofadas ou fresquinhas, elas têm um denominador comum. Trata-se do sufixo -ismo. As quatro letrinhas, que vêm do grego, são pra lá de férteis. Formam palavras a […]

Acontecer — mau uso é pobreza vocabular

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

As palavras, como as pessoas, têm manias. Combinam. Brigam. Fazem exigências. Armam ciladas. Um verbo cheio de caprichos é o acontecer. Elitista, ele tem poucos empregos. E quase nenhum amigo. Mas, por capricho do destino, os colunistas sociais o adotaram. A moda se espalhou como fogo morro acima ou água morro abaixo. O pobre virou praga. Tudo acontece. Até pessoas: Trump está acontecendo na Ásia. […]