abre-13-frases-proibidas-de-se-dizer-numa-briga-1390331728343_956x500.jpgx

RELACIONAMENTOS DIFÍCEIS À LUZ DO ESPIRITISMO

Publicado em Espiritualidade, Psicologia, Relacionamento amoroso

Essa entrevista foi dada por mim à jornalista Ana Morelli, no programa Momento Espírita, em maio de 2007. Nela, o tema RELACIONAMENTOS AFETIVOS DIFÍCEIS, sempre atual, é analisado à luz da Doutrina Espírita, abordando sofrimento, carma, resgate, filhos e divórcio.

Para assistir, BASTA CLICAR AQUI. Depois, é só comentar!

 

20 thoughts on “RELACIONAMENTOS DIFÍCEIS À LUZ DO ESPIRITISMO

  1. Nossa, Maraci! Queria ter colocado você em minha vida uns anos antes… rs rs Você é um ser extraordinário. Muito boa e atual a entrevista de mais de uma década atrás.

  2. Amei Maraci 💕 você estava linda como sempre ! Uma profissional exemplar inteligente e sabia em tudo q fala , linda entrevista , como sempre nos ensinando a nos encontramos . obrigada por você por existir 💕

  3. remetido via WhatsApp por Jean Kaio: Adorei as suas primeiras palavras, que nós não viemos ao mundo a passeio e sim a trabalho. E também que nós não somos reféns de ninguém, que a nossa felicidade não depende de interferência alheia. E que no momento que assumimos a responsabilidade e que falamos para nós mesmos que não vamos permitir esse tipo de problema e esse tipo de relacionamento e não vamos nos expor dessa forma, conseguimos segurar as rédeas do nosso destino! “Tudo aquilo que puder nos prejudicar, nos atrapalhar a seguir e a desenvolver o que a gente veio para desenvolver, de tudo isso aí a gente deve se afastar.” Foi sensacional essa parte também!!! A gente deve se proteger!

  4. remetido via WhatsApp por Daniela Mattar: Parabéns pela entrevista Maraci, é impressionante a sua naturalidade em frente às câmeras! Já pensou em ter um canal no YouTube?

  5. remetido via WhatsApp por Alex Fabiano: Parabéns pela entrevista! Muito boa, como sempre!!!!!
    👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*