10/01/2017. Crédito: Helio Montferre/Esp.CB/D.A.
10/01/2017. Crédito: Helio Montferre/Esp.CB/D.A.

Márcia de Alencar: “Não há crime organizado no sistema penitenciário do DF”

Publicado em CB.Poder

Pelos dados do governo, o sistema penitenciário do DF conta com 14.992 custodiados para 7.496 vagas. Levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), publicado ontem (10/01) pelo blog, indicou que são 7.210 vagas nas cadeias do DF, para 14.010 presos. As duas fontes indicam em média dois detentos por vaga, ou um deficit de mais de 7 mil presos.

Apesar da superlotação, a secretária de Segurança Pública e Paz Social, Márcia de Alencar, afirma que o sistema prisional do DF está bem longe de crises como as ocorridas no Amazonas ou em Roraima, que levaram, por conta de uma guerra de facções criminosas, à morte de 93 presos. “Não há crime organizado dentro dos presídios do Distrito Federal”, afirma. Segundo Márcia, desde 2001, não há rebeliões no DF.

Além disso, Márcia diz que o governo tem investido na criação de vagas. A Penitenciária Feminina não possui mais deficit de vagas. São 942 para abrigar 708 internos, que incluem as mulheres custodiadas e internos da ala de tratamento psiquiátrico.

No caso do Centro de Detenção Provisória (CDP), que fica na Papuda, foram criadas 400 vagas em 2016, divididas em dois novos blocos e, segundo a secretária, serão entregues quatro novas unidades, os CDPs 1, 2 e 3, com um total de 3,2 mil vagas, até o fim deste ano.

Quanto aos recursos disponíveis no Fundo do Sistema Penitenciário, a secretária de Segurança esclarece que o dinheiro entrou no caixa do DF apenas em 29 de dezembro e será usado para compra de equipamentos (scanner corporal, modernização do sistema de telefonia e segurança eletrônica) e para a construção de uma nova unidade para abrigar presos em regime fechado na Papuda. A obra está prevista para ser iniciada em 2018 e entregue em dois anos.

O Fundo Penitenciário do DF conta com R$ 52,7 milhões, sendo que R$ 44,7 milhões foram repassados em 29 de dezembro pelo Departamento Nacional Penitenciário (Depen). Outros R$ 9,8 milhões estão estão previstos para serem repassados pelo Depen, segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF.

 

  • DiaboVelho .

    Resta saber quem deu a ordem para ela dar essa declaração.

  • Augusto Silva

    Esta Secretária de Segurança Pública, como o Governador não tem mais nenhuma credibilidade. O Crime Organizado não entrou no DF a mais tempo devido a PCDF com investigações, operações e na época detinha o controle das Penitenciárias. Hoje infelizmente a realidade não é está. A mais de ano a PCDF está sem condições de monitorar o Crime Organizado adequadamente. A mais de ano a PCDF está trabalhando com menos de 50% do efetivo. A mais de 6 anos a PCDF não tem reposição salarial pois um incompetente com apoio de uma outra incompetente estão mestruados e não querem SOLICITAR a reposição da PCDF. E corre ainda que está senhora está jogando toda a responsabilidade para a PCDF. Mas já está correndo internamente um bando de medidas ridículas, colocadas através de Ofício da SSP, que vão colocar o sistema penitenciário em pé de guerra. E esta senhora mais uma vez vai querer tirar a responsabilidade dela.

  • Marcelo De Oliveira Soares

    Deixa só o PSDB tomar o poder aí verão. Helicoca é um símbolo.