LCS8BVR

Cientistas estão produzindo Bacon em laboratório!

Publicado em

A carne artificial em breve poderá estar nos pratos de todo o mundo.
Pesquisadores da Universidade de Bath apresentaram o cultivo em laboratório de células animais. Pensando em escala industrial, a produção de bacon infinito sem a necessidade de abater os animais. Eles, pesquisadores, estimam que a carne artificial possa ser a alternativa de proteína para alimentar várias pessoas no mundo.

Pensando no futuro, a partir da biópsia de um tecido suíno, será possível isolar as suas células-tronco, criando novas células que serão colocadas em um biorreator que irá aumentá-las. Mantendo assim o porquinho doador vivo. Mas ainda serão necessários alguns anos de pesquisas para chegar ao sabor e textura do bacon.
Em 2013 cientistas holandeses criaram o primeiro hambúrguer em laboratório e em 2018 em Israel criaram um bife através de células criadas em também em laboratório. No mesmo ano, uma empresa americana chamada Just prometeu produzir seus nuggets de frango a partir das células de penas de galinhas ainda vivas.

Os pesquisadores apontam que a carne produzida in vitro possa ter o apoio de pessoas preocupadas com o abatimento de animais e os impactos ambientais gerados pela pecuária em larga escala. A utilização de menos água e espaço na pecuária atual, além de reduzir menos dióxido de carbono e poupar o sofrimento de bilhões de animais e diminuir o índice de contaminação alimentar.