Nas entrelinhas: Como começa a balbúrdia

Publicado em Deixe um comentárioEducação, Governo, Juventude, Memória, Militares, Política, Universidade

“Há muita coisa errada nas universidades federais, mas a política de terra arrasada somente serve para mascarar os problemas, inibir a autocrítica e comprometer o ensino e a pesquisa” O velho casarão da Rua Lara Vilela, no bairro do Ingá, em Niterói, nos anos 1970, era considerado um antro de balbúrdia. Lá se estudava História, Ciências Sociais (Antropologia, Política e […]