Nas entrelinhas: A alegoria de Camus

Publicado em Deixe um comentárioComunicação, Governo, Guerra, Literatura, Memória, Militares, Política, Saúde

“A epidemia de meningite só acabou após a vacinação de 80 milhões de pessoas, o que seria impossível com a manutenção da censura sobre a doença” Publicado em 1947, A Peste, do escritor franco-argelino Albert Camus (1913-1960), é uma alegoria da ocupação nazista. Por isso, fez tanto sucesso não só na França como na Europa do pós-guerra e também na […]

Nas entrelinhas: Notícias Populares

Publicado em Deixe um comentárioCultura, EUA, Justiça, Memória, Política, Segurança, Violência

“A morte do ex-capitão do Bope Adriano da Nóbrega, no interior da Bahia, embora a versão oficial seja a de que resistiu à prisão, alimenta suspeitas de queima de arquivo” Os programas de tevê que fazem a cobertura policial no estilo “bandido bom é bandido morto” foram a principal causa do fechamento do jornal Notícias Populares, ligado ao Grupo Folha, […]

Nas entrelinhas: As Mil e Uma Noites

Publicado em Deixe um comentárioAmazônia, Cultura, Exportações, Governo, Itamaraty, Meio ambiente, Política

“O governo corre atrás do próprio rabo, inclusive quando atribui ao aquecimento global a ocorrência das queimadas. Trata-se de um argumento a mais para preservar a Amazônia” A tradução mais fiel e sofisticada de As Mil e Uma Noites é do explorador inglês Sir Richard Francis Burton, em 16 volumes, lançada entre 1885 e 1888, com suas notas sobre as […]

Nas entrelinhas: A festa imoral

Publicado em Deixe um comentárioCidades, Cultura, Literatura, Memória, Política, Rio de Janeiro, São Paulo

“De onde vem tanta energia? Não é das academias de ginástica, é de certas contradições entre a revolução nos costumes, que a liberdade proporciona, e os preconceitos arraigados e discriminações” Há muito tempo, não tínhamos um carnaval como o deste ano, em que a alma transgressora dos cidadãos, liberada pela revolução dos costumes, se choca frontalmente com a política oficial, […]