Nas entrelinhas: Sob o signo de Jano

Publicado em Deixe um comentárioCultura, Economia, Literatura, Memória, Política, Trabalho

“É preciso defender uma sociedade na qual a comunicação cotidiana e o discurso da vontade possibilitem uma vida melhor e mais segura, num ambiente de plena liberdade” O mito romano de Jano (do latim Janus ou Ianus) era representado com duas cabeças, simbolizando os términos e os começos, o passado e o futuro, o dualismo relativo de todas as coisas. […]