Nas entrelinhas: A vez dos garantistas

Publicado em Deixe um comentárioEleiçoes, Impeachment, Lava-Jato, Partidos, Política, Segurança, Violência

A decisão de Celso de Mello tranquiliza Temer quanto à permanência no governo ministros citados na Lava-Jato A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello que manteve no cargo o secretário-geral da Presidência, Moreira Franco, com direito a foro especial, sinalizou a linha de atuação da Segunda Turma da Corte nos casos dos demais ministros citados […]

Nas entrelinhas: Quem tem a força?

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Política, Segurança, Violência

O motim da Polícia Militar capixaba não pode ser encarado como um fenômeno isolado, por mais que o movimento tenha causas locais, entre as quais os baixos salários dos soldados, cabos e sargentos. É óbvio que o movimento não teria a capacidade de resistência que adquiriu se contasse apenas com o apoio de familiares dos policiais militares que bloqueiam as […]

Nas entrelinhas: Sob a pinguela

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Lava-Jato, Política, Violência

  O país terá de aprender a conviver com os julgamentos da Operação Lava-Jato e suas consequências. O cenário não é dos mais confortáveis A nomeação de Alexandre de Moraes para a vaga do ministro Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF), o que lhe garantirá o papel de revisor da Lava-Jato no plenário da Corte, provocou uma tempestade em […]

Nas entrelinhas: A regra nos presídios

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Política, Presídios, Violência

Há algo mais de muito errado no sistema prisional. Talvez uma espécie de acordo tácito entre autoridades carcerárias e os chefões do tráfico para manter a paz O presidente Michel Temer resolveu recorrer às Forças Armadas para impor a ordem nos presídios. Mas essa não é uma questão que possa se resolver apenas com as operações de varredura nos presídios […]

Nas entrelinhas: Político à moda antiga

Publicado em Deixe um comentárioCongresso, Memória, Partidos, Política, Violência

É um erro, porém, tratar Jovair como uma espécie de novo Severino Cavalcanti (PR-PE), que foi o rei do baixo clero e conseguiu se eleger presidente da Câmara O Diário Oficial da União circulou ontem com a nomeação de Jorge Luiz de Andrade da Silva para uma diretoria da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, […]

Nas entrelinhas: Em meio à calmaria

Publicado em Deixe um comentárioCongresso, Economia, Governo, Justiça, Lava-Jato, Política, Violência

Como em toda crise, há muita fricção no processo político. As eleições na Câmara e no Senado, no momento, são as mais importantes Um dos fatores de instabilidade política do país, todos sabem, é a Operação Lava-Jato, que voltará a todo vapor quando o recesso do Judiciário acabar. Procuradores da República, desde segunda-feira, já estão trabalhando normalmente. O assunto só […]

Nas entrelinhas: A “convulsão social”

Publicado em Deixe um comentárioCongresso, Desemprego, Economia, Eleiçoes, Governo, Impeachment, Partidos, Política, Violência

O sujeito atende o celular: “Fora, Temer!” A mulher pergunta: “Vamos à praia?” Ele responde: “Só se for de manhã; à tarde, vou trabalhar!” Ela se despede: “Ok, Diretas já!”. Virou mantra nos artigos e entrevistas dos viúvos do impeachment da presidente Dilma Rousseff a tese de que o país caminha para uma “convulsão social”, por culpa do governo de […]

Nas entrelinhas: A crise dos presídios

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Memória, Política, Violência

Algo precisa ser feito com urgência. Mas será que vamos resolver o problema apenas construindo mais e melhores presídios? No livro A quarta revolução, dos britânicos John Micklethwait e Adrian Wooldridge, um dos temas abordados com relação à crise do Estado e das democracias ocidentais é a chamada Lei de Orson, referência a A lógica da ação coletiva, de Mancur […]

Nas entrelinhas: Os decapitados

Publicado em Deixe um comentárioCultura, Justiça, Memória, Política, Violência

Uma cultura de violência rege a vida do andar de baixo nas favelas e periferias e, de forma concentrada, nos presídios Cortar cabeças e esquartejar adversários no Brasil foi uma prática corrente nos conflitos sociais e políticos. Na História do Brasil, são inúmeros os exemplos, a começar pelo massacre dos paulistas por portugueses e baianos no Capão da Traição, nas […]