Nas entrelinhas: Caiu a ficha

Publicado em Deixe um comentárioAbastecimento, Congresso, Economia, Governo, Militares, Política, Transportes

Como o governo, deputados e senadores foram surpreendidos pela greve dos caminhoneiros e, mais ainda, pelas consequências dramáticas para o abastecimento e os serviços públicos Parece que caiu a ficha de que o governo Temer e a cúpula do Congresso são sócios da crise e não adianta ninguém tirar casquinha, porque a situação é desastrosa. Estão em risco a economia […]

Nas entrelinhas: Governo fraco

Publicado em Deixe um comentárioCidades, Congresso, Economia, Eleiçoes, Governo, Militares, Política, Transportes

A União, o Congresso, os governos estaduais, as empresas de transportes e os caminhoneiros brigam por um acordo que jogue a conta no colo do consumidor “Isso é coisa de governo fraco”, sapecou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao criticar a mobilização das Forças Armadas para enfrentar a crise de abastecimento provocada pela greve dos caminhoneiros (na verdade, […]

Nas entrelinhas: Ossos da abertura

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Memória, Militares, Política

Durante os governos Lula e Dilma, a Comissão de Verdade teve oportunidade de passar tudo a limpo, mas não revirou os porões do regime militar A divulgação pelo pesquisador Matias Specktor, da Fundação Getulio Vargas (FGV), de memorando da CIA sobre reunião de 30 de março de 1974, entre o presidente Ernesto Geisel e três subordinados dos órgãos de segurança […]

Nas entrelinhas: O passado que assusta

Publicado em Deixe um comentárioMemória, Militares, Política

Documento mostra que havia uma lista de condenados à morte, que foram executados com prévio conhecimento e autorização de Figueiredo e Geisel Um documento divulgado ontem pelo pesquisador Matias Specktor, da Fundação Getulio Vargas (FGV), lança por terra todas as versões de que o então presidente Ernesto Geisel não endossou a tortura e os assassinatos de oposicionistas nos quartéis, em […]

Nas entrelinhas: Lembrai-vos de 1964

Publicado em Deixe um comentárioCongresso, Eleiçoes, Governo, Justiça, Memória, Militares, Política, Violência

Caso a investigação resulte em nova denúncia contra o presidente da República, devido à proximidade das eleições, estará criado um quadro de grande instabilidade política No dia primeiro de abril de 1964, as cidades brasileiras amanheceram com suas praças e ruas mais importantes ocupadas por soldados e tanques. Não era piada. Apoiado por importantes líderes políticos e pelos Estados Unidos, […]

Nas entrelinhas: Balas traiçoeiras

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Militares, Política, Rio de Janeiro, Segurança, Violência

No submundo da segurança no Rio de Janeiro, as regras de sobrevivência são as mesmas da lei da selva.  O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen, estão começando a se enrolar nas próprias declarações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), no Rio de Janeiro. Jungmann resolveu segurar […]

Nas entrelinhas: Falsa contradição

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Militares, Partidos, Política, Rio de Janeiro, Segurança, Violência

A tentativa de transformar o caso Marielle numa bandeira partidária e eleitoral está fadada ao fracasso, ainda que empolgue e mobilize setores da classe média e da juventude Por causa dos 20 anos de ditadura militar, estabeleceu-se uma falsa contradição entre as políticas de segurança pública, contaminadas por métodos violentos e ilegais herdados da repressão à oposição ao regime, e […]

Nas entrelinhas: Execução foi recado

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Justiça, Militares, Partidos, Política, Rio de Janeiro, Segurança, Violência

No Rio de Janeiro, as agências de coerção do Estado foram capturadas pelo crime organizado a partir do seu vértice, num pacto corrupto entre os donos do poder e o crime organizado O assassinato da vereadora Marielle Franco (PSol) na noite de quarta-feira, crime que comoveu o país e mobilizou milhares de pessoas no Rio de Janeiro e outras cidades […]

Nas entrelinhas: Canetada decisiva

Publicado em Deixe um comentárioGoverno, Militares, Violência

Dois debates em razão das ações federais: um é a legalização da produção, comercialização e consumo de maconha, como já acontece em outros países; outro, a legalização do aborto Raul Jungmann assumiu o Ministério da Segurança Pública e logo demitiu o diretor da Polícia Federal, Fernando Segóvia. Foi uma demonstração de força, antes que se organizassem resistências às mudanças decorrentes […]

Nas entrelinhas: Mera coincidência

Publicado em Deixe um comentárioEleiçoes, Governo, Justiça, Memória, Militares, Política, Rio de Janeiro, Segurança, Violência

A ida de Jungman para o Ministério da Segurança Pública é uma solução natural, tipo “prata da casa”. Entretanto, não é natural um general como ministro da Defesa, pasta criada para o poder civil No livro O 18 Brumário de Luís Bonaparte, já citado aqui a propósito da conjuntura eleitoral que vivemos, Marx se inspira no golpe de estado de […]